ESGOTAMENTO SANITÁRIO

Os esgotos sanitários são os despejos resultantes do uso da água em cozinhas, banheiros e lavanderias. São as águas servidas e os dejetos provenientes de residências, comércios, indústrias e instituições. Por conterem muitas impurezas e micro-organismos, devem ser coletados e tratados.

 

O serviço de esgotamento sanitário é realizado por concessionárias, envolvendo várias etapas no processo, entre elas:
Rede coletora: conjunto de tubulações que recebem os esgotos coletados dos usuários por meio das ligações domiciliares;

 

Transporte: é o conjunto formado por interceptores, elevatórias, linhas de recalque, que têm a função de conduzir os esgotos da rede coletora até as unidades de tratamento;

 

Tratamento: são unidades que têm por objetivo reduzir os componentes poluentes encontrados nos esgotos sanitários, incluindo compostos orgânicos e bacteriológicos, por meio de processos físicos, químicos e biológicos;

 

Disposição final ambientalmente adequada: são componentes que se destinam a conduzir os efluentes oriundos das estações de tratamento de esgoto até os corpos receptores (por exemplo, emissários).

 

O sistema de esgotamento sanitário é imprescindível à saúde da população e ao meio ambiente, de forma a reduzir os efeitos da poluição sobre os recursos hídricos.

 

IMG_1286

Anúncios